Clipping

Econut na pesquisa que ganhou o Prêmio Jovem Cientista 2015

A castanha ECONUT produzida na Fazenda Aruană, na regiăo de Itacoatiara, no Amazonas, possui uma concentraçăo de selęnio que basta o consumo de 1 castanha por dia para suprir as necessidades da saúde humana.

A pesquisadora Bárbara Rita Cardoso, da USP, utilizou as castanhas ECONUT (www.econut.com.br) que foram doadas pelo Instituto Excelsa, junto a idosos com Alzheimer e obteve resultados de melhora na fluęncia verbal e no raciocínio graças ao selęnio.

Motivado por essa pesquisa, Bárbara Cardoso foi a vencedora do Pręmio Jovem Cientista 2015 nas categorias Mestre e Doutor.

Para ver o pesquisa na íntegra, acesse: www.teses.usp.br


ECONUT no Jornal “Amazonas Em Tempo”

Leia matéria publicada pelo Cheap Jordans jornal amazonense “Em Tempo” no dia 17 de abril, no Caderno de Economia.Clique AQUI


INSTITUTO EXCELSA na “Orgânicos em Revista – Negócios & Sustentabilidade”, ed. 06, pag. 66


Leia matéria publicada sobre “A Floresta em Pé” da coluna “Sustente essa idéia”.Clique AQUI,


O Ouriço dos Vergueiro na Amazônia - InfoMoney


Leia matéria publicada sobre “O Ouriço dos Vergueiro na Amazônia” da revista “InfoMoney”.Clique AQUI,


Livro "A Castanha-do-Pará na Amazônia - Entre o extrativismo e a domesticação", de José Jonas Almeida


Nesse livro, há um capítulo dedicado ao trabalho desenvolvido na Fazenda Aruanã, onde as castanheiras das quais provêm ECONUT são cultivadas. Leia o livro. Clique AQUI,


Histórico da Fazenda Aruanã (português)


Histórico da Fazenda Aruanã (inglês)