ECONUT na pesquisa que ganhou o Prêmio Jovem Cientista 2015

A castanha ECONUT produzida na Fazenda Aruană, na regiăo de Itacoatiara, no Amazonas, possui uma concentraçăo de selęnio que basta o consumo de 1 castanha por dia para suprir as necessidades da saúde humana.

A pesquisadora Bárbara Rita Cardoso, da USP, utilizou as castanhas ECONUT (www.econut.com.br) que foram doadas pelo Instituto Excelsa, junto a idosos com Alzheimer e obteve resultados de melhora na fluęncia verbal e no raciocínio graças ao selęnio.

Motivado por essa pesquisa, Bárbara Cardoso foi a vencedora do Pręmio Jovem Cientista 2015 nas categorias Mestre e Doutor.

Para ver o pesquisa na íntegra, acesse: www.teses.usp.br


ECONUT no Jornal “Amazonas Em Tempo”

Leia matéria publicada pelo Cheap Jordans jornal amazonense “Em Tempo” no dia 17 de abril, no Caderno de Economia. Clique AQUI

O Ouriço dos Vergueiro na Amazônia - InfoMoney

Leia matéria publicada sobre “O Ouriço dos Vergueiro na Amazônia” da revista “InfoMoney”. Clique AQUI,

Livro "A Castanha-do-Pará na Amazônia - Entre o extrativismo e a domesticação", de José Jonas Almeida

Nesse livro, há um capítulo dedicado ao trabalho desenvolvido na Fazenda Aruanã, onde as castanheiras das quais provêm ECONUT são cultivadas. Leia o livro. Clique AQUI,

 

Histórico da Fazenda Aruanã (português)